Espiritualidade, humanismo e felicidade são temas de aula da FATI

Espiritualidade, humanismo e felicidade são temas de aula da FATI
Frei Jaime João Bettega falou sobre como desfrutar uma vida mais plena e solidária.

As alunas da FATI (Faculdade Aberta da Terceira Idade) receberam na terça-feira, dia 8 de maio, uma aula especial, voltada para a espiritualidade – ou seja, sobre ética, solidariedade, humanismo, entre outros temas importantes para o desenvolvimento do ser humano e da sociedade. A palestra foi apresentada pelo Frei Jaime João Bettega, doutorando em Administração, com formação em Filosofia, Teologia, Administração de Empresas, pós-graduação em Gestão de Pessoas e mestrado em Administração.

Os assuntos mobilizaram a atenção das integrantes da FATI, pois se conectavam diretamente com o vazio e o isolamento que a sociedade atual tem desenvolvido em sua busca frenética por “parecer feliz”.

“Precisamos olhar para dentro de nós mesmos, conhecer o que realmente nos traz sentido à vida. Vivemos hoje com um pensamento utilitário, que olha o mundo como um local de competição e acumulação, seja de status ou bens. Isso nos faz sentir vazios, isolados e sem afeto, e então buscamos anestésicos para aliviar este buraco no coração, como nas drogas”, disse o Frei. Ele citou o voluntariado como um caminho para romper o isolamento, doando o que sem tem de melhor: o afeto. “A afetividade resgata o sentido da vida.”

A felicidade, segundo ele, vem de dentro para fora, através de ações que beneficiem os outros, os mais necessitados, os abandonados, os doentes e até mesmo pessoas de nosso círculo social: “Quando pensamos mais no bem dos outros, melhoramos o mundo e a nós mesmos, geramos um significado precioso à nossa existência e nos sentimos plenos, simplesmente por doar parte de nossa vida a quem precisa”.

Outras Notícias