FISUL APRESENTA RESULTADO DA PESQUISA DA FENACHAMP

Na noite do dia 19, a FISUL apresentou na sede da CIC Garibaldi os resultados da pesquisa de satisfação pelos visitantes da FENACHAMP. O professor Ricardo Antonio Reche, responsável pela disciplina de Pesquisa de Marketing dos cursos de graduação da FISUL, detalhou a metodologia aplicada no trabalho, a organização e os resultados obtidos. "Mais uma vez a disciplina de Pesquisa de Marketing atua como uma ferramenta de gestão de um evento tão importante como a FENACHAMP 2017", afirma.

Os acadêmicos da disciplina entrevistaram os visitantes e aplicaram a pesquisa durante todos os dias da festa. Deste trabalho resultou o relatório apresentado pelo professor Ricardo Reche a uma plateia composta por representantes do poder público, diretoria da CIC, CEC e FENACHAMP, bem como de representantes das diversas comissões envolvidas na organização da festa. Na explanação foram evidenciados os excelentes resultados da pesquisa de satisfação, que também apontaram questões a serem trabalhadas pela nova gestão do evento em 2019.

Durante um número estipulado de encontros presenciais, em sala de aula, e após terem toda a base teórica de um projeto de pesquisa fornecida pelo professor, os acadêmicos definiriam os objetivos do projeto, elaboraram o questionário, escolheram a forma de aplicação (online, com auxílio de smartphones), realizaram o cálculo amostral visando o mínimo de entrevistados necessários para elevar o nível de confiança das respostas, aplicaram as entrevistas durante a realização da festa (trabalho de campo) e, ao final, analisaram os dados, concluindo com um relatório final, avaliando-se a percepção dos visitantes sobre o evento.

As atividades de campo foram conduzidas pelos 51 acadêmicos da disciplina e aconteceram durante todo o período de realização da festa. Com aplicação online dos questionários, a tabulação deu-se de forma automática e foi acompanhada a cada aula com os acadêmicos. Ao final, atingiu-se um número de 963 entrevistas, considerado excelente em termos de confiabilidade dos resultados.

"Para a FISUL, fica a certeza de que os acadêmicos puderam perceber a importância de definir com cuidado a elaboração de um projeto de pesquisa do início ao fim e se depararam com as dificuldades inerentes ao trabalho de campo. Concluiu-se, assim, um desafio prático, com todas as contingências naturais de um processo complexo. É importante destacar que, quando se trabalha com o uso de metodologias ativas desenvolve-se o pensamento reflexivo, incentiva-se o trabalho de pesquisa e investigação cientifica, além de integrar o acadêmico à sociedade onde está inserido", conclui o professor.

Esta parceria já foi realizada na edição da FENACHAMP 2015, EXPOGARIBALDI e FENACHAMP 2017.

Outras Notícias