AGOSTO: conheça o complô de crenças contra o desejo de vencer!

AGOSTO: CONHEÇA O COMPLÔ DE CRENÇAS CONTRA O DESEJO DE VENCER

Com certeza você já ouviu falar que agosto é chamado de “Mês do Cachorro Louco”, não é mesmo? Crenças antigas que prevalecem até hoje insistem que, durante este mês, o pessimismo é o vencedor. Conheça o “complô” de superstições que travam o caminho de muita gente durante esta época do ano.

Uma das falsas crenças de que agosto é um desgosto se baseia em diversos acontecimentos históricos que marcaram a história da humanidade, como: o início da I Guerra Mundial (1º de agosto de 1914), os ataques com bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki (6 e 9 de agosto de 1945) e a ascensão de Adolf Hitler ao poder na Alemanha (2 de agosto de 1934). Mas cadê o cachorro nesta história?

Uma teoria biológica indica que as condições climáticas em agosto levam as fêmeas caninas com mais facilidade ou frequência ao período fértil. As brigas ferozes para conquistar as fêmeas facilitariam o surgimento da raiva canina – por isso, os cachorros ficariam com a aparência de “loucos”.

E o desgosto, o azar, o pessimismo? É simplesmente mais fácil acreditar no lado negativo. Por que?

O pessimismo é uma atitude de “freio de mão” perante a vida: é como se você quisesse se preservar da frustração. Assim, há uma desculpa para não agir. O imobilismo e o conformismo são irmãos do pessimismo. Quem aí não conhece alguém que se queixa da vida e do azar sem sequer fazer uma tentativa de melhorar?

O otimismo “empurra” a pessoa para frente, pois ela tem esperança, insiste e persiste, pois acredita que uma hora as coisas vão dar certo.

Assumir a responsabilidade pelas nossas vitórias requer também a convivência com a frustração, ao agir e não obter o que esperávamos. Lembra do piloto de F1 Ayrton Senna?

O “melhor piloto de todos os tempos” era incansável e suportou diversos desafios para vencer. “Você precisa ter consciência de si mesmo e do que está fazendo, e de que está fazendo certo, e acreditar muito em sua força para não ter medo, seguindo em frente até chegar lá”, afirmou o campeão nesta entrevista.

Curiosamente, Ayrton Senna nunca venceu uma corrida em agosto... E agora?

Deixe para lá. O nome do mês de agosto, afinal, não é apenas uma rima com desgosto: é também uma homenagem ao imperador romano Augusto pelas conquistas mais importantes de sua vida. E você, está preparado para vencer com a FISUL? 

Ainda com algum receio de agosto? Inspire-se para vencer neste vídeo de Ayrton Senna!

Veja aqui as histórias que rondam a fama do mês de agosto.
 

Outras Notícias